Além do Cidadão Kane

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Matança de civis no Afeganistão a cargo das tropas de ocupação dos EE.UU

Mais de cem pessoas, incluindo mulheres e crianças, foram mortos durante um ataque aéreo das forças dos EEUU na província ocidental de Farah, a oeste do Afeganistão, segundo anunciou um porta-voz do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV). O chefe da policia provincial Abdul Ghafar Watandar afirmou que o número de mortos durante um “combate” na segunda e terça-feira passadas poderia ser maior. Se se confirmarem esses dados, poderia ser o incidente mais sangrento durante um único episodio para os civis afegãos, desde que começou a campanha de ocupação.

O presidente Hamid Karzai, que está em Washington para entrevistar-se com o presidente Barack Obama pela primeira vez desde a eleição do mandatário estadunidense, enviou uma delegação conjunta composta por afegãos e estadunidenses para investigar o incidente.

Os Estados Unidos lamentaram "profundamente" a morte de civis pelo bombardeio da OTAN contra um grupo de talibans na província ocidental afegã de Farah e anunciou que participará na investigação para determinar o sucedido.

O Governo estadunidense considerou que "qualquer perda de vidas inocentes é trágica" e ofereceu assistência humanitária às comunidades afetadas.

O porta-voz adjunto do Departamento de Estado, Robert Wood, indicou que os Estados Unidos "levarão em conta seriamente os informes sobre o incidente e os investigará a fundo".

Os insurgentes se haviam tornado fortes nos últimos dois dias no distrito de Bala Bulok, onde atacaram a população e mataram três civis após acusar-los de espiar para o Governo afegão e para forças internacionais destacadas no país.

O governador provincial, Rohul Amin, acrescentou que os talibans mataram também a três policiais e feriram quatro, antes da intervenção, na noite de segunda-feira, do Exército afegão com apoio da aviação da OTAN.

A força conjunta realizou um ataque contra os insurgentes, ocultos em casas, que, segundo Amin, poderia haver dado como saldo uns 30 insurgentes mortos e "varias" vitimas civis.

A reunião prevista entre o presidente dos EEUU, Barack Obama, e os mandatários do Paquistão, Asif Alí Zardari, e Afeganistão, Hamid Karzai, vai abordar entre outras questões a luta contra os talibans em ambos os países.
.
Original em inSurGente

Nenhum comentário:

Copyleft - Nenhum Direito Reservado - O conhecimento humano pertence à Humanidade.